segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Folha de São Paulo



   Romance histórico "Chica que Manda" de Agripa Vasconcelos é citado em reportagem da Folha de São Paulo virtual de 09/12/15. Veja a reportagem completa no link:

www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2015/12/1714851-misteriosa-figura-nacional-chica-da-silva-e-exumada-para-documentario.shtml



                                       

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Encontro


  Muito proveitoso nosso encontro com Nanda Miranda e Diego Mancini na última 6a. feira, em A Pão de Queijaria, em BH. Novidades em breve. Aguardem.




Curtam a página www.facebook.com/agripavasconcelosescritor


segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Mestrado


Que notícia boa! Agradecemos imensamente a você, Tarcísio, por dedicar seu Mestrado à obra literária do nosso escritor.


domingo, 1 de novembro de 2015

17.000 visualizações!






É com grande alegria que constatamos hoje que chegamos a 17.000 

visualizações no blog do nosso escritor! Não é bárbaro? Isso nos dá ânimo para 

continuarmos com a divulgação do hábito da leitura, através da obra literária 

de Agripa Vasconcelos. E também de sempre fazermos postagens referentes 

à literatura. Agradecemos o apoio de todos. ;)


Curta também a página: www.facebook.com/agripavasconcelosescritor

sábado, 3 de outubro de 2015

Lançamento de livro



     Foi com grande alegria que recebemos a notícia do Prof. Dr. Fúlvio Cupolillo (fcupolillo@gmail.com) que seu livro, "Diagnóstico Hidroclimatológico da Bacia do Rio Doce", foi editado. Nele encontra-se "Chuva do Mar", do escritor Agripa Vasconcelos, pois Agripa faz menção às chuvas temporárias no baixo e no médio Rio Doce nessa comovente poesia.
     Agradecemos muito a lembrança do nome de Agripa nesse trabalho e te desejamos sucesso e muitas vendas, através do site:
Currículo resumido do Prof. Fúlvio:
Possui graduação em Geografia (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Federal de Minas Gerais (1982), Especialização Lato Sensu em Geografia Humana pela Pontifício Universidade Católica de Minas Gerais(1984), Mestrado em Meteorologia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (1997) e Doutorado em Geografia - Área de concentração: Análise Ambiental pela Universidade Federal de Minas Gerais (2008). Foi Coordenador do Instituto Nacional de Meteorologia-5º Distrito de Meteorologia (INMET/5ºDISME), no período e 2005 a 2010. Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais - IFMG. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Climatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: el niño, veranico, anticiclone subtropical do atlântico sul, Zona de Convergência da América do Sul, climatologia e espacialização.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Projeto Caixa-Estante


     O Projeto Caixa-Estante, da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, em 

BH/MG, completa 46 anos de atividades levando leitura para os que não têm 

acesso à sede da instituição. Confira a matéria completa http://bit.ly/1KQYBms




sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Chegada da primavera



TEU SANGUE HÁ DE FLORIR EM ROSAS ESCARLATES...
Peregrino, sofreste as traições mais tenazes
E laceram teus pés as estradas que bates.
Visite morrer, com o temo, os teus sonhos falazes,
E abaixaste a tua fronte em traiçoeiros combates.

 
Não te importes, porém! Nas romagens que fazes
Terás um galardão, tu que às dores te abates!
Tuas lágrimas vão ser açucenas lilases,
Teu sangue há de florir em rosas escarlates...

 
Há – de restar de ti, dos teus íntimos prantos,
Lição para os heróis, os mártires e os santos...
Mas quando fores pó, no turbilhão medonho,

 
Ficarão para o Ideal, sob os mesmos intentos,
Com uma estrada fiel – teus roteiros sangrentos,
Com uma rosa branca, a mulher de teu Sonho.
 
 

domingo, 9 de agosto de 2015

Dia dos Pais

 
DE PROFUNDIS
(dedicado ao filho caçula, Leonato Agripa)
 
 
Meu filho, que tu não venhas
   
Sobre os meus passos na vida !
        
Quero ver teus pés sem sangue !...
 
 
 
 

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Você sabia?


     Você sabia?
     Que o escritor Agripa Vasconcelos entrou para a Academia Mineira de Letras com apenas 25 anos de idade e é, ainda hoje, o mais jovem imortal daquela Casa?


domingo, 5 de julho de 2015

Sessão Solene

   Fotos da Sessão Solene de instalação do Instituto Histórico e Geográfico da cidade de Pompéu/MG, onde o escritor Agripa Vasconcelos é titular de uma das cadeiras. Agripa foi representado por seu neto na noite deste sábado, em uma solenidade muito concorrida.

Neto de Agripa na solenidade




quarta-feira, 1 de julho de 2015

FLIP 2015



     Começa hoje a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). É um dos principais festivais literários do mundo, caracterizado não só pela qualidade dos autores convidados, mas também pelo entusiasmo do público e pela hospitalidade da cidade. Nos cinco dias de festa, a Flip realiza cerca de 200 eventos, que incluem debates, shows, exposições, oficinas, exibições de filmes e apresentações de escolas, entre outros. Vale a pena conferir.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Fundação do IHGP

 
    Agripa Vasconcelos será patrono de uma das cadeiras do Instituto Histórico e Geográfico da cidade de Pompéu/MG. Quanta honra! Agradecemos ao Hugo de Castro pela lembrança.
 
 


Curta a página www.facebook.com/agripavasconcelosescritor

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Projeto Literaturas



    Nesta edição especial do Projeto Literaturas, Ná Ozzetti e Zé Miguel Wisnik apresentam o resultado da parceria "Ná e ...Zé", no Teatro Francisco Nunes, dia 20/06, às 20h. O espetáculo contempla a profunda relação entre poesia e canção no Brasil e encerra o 1º Festival Literário Internacional - Fli-Bh. A entrada é gratuita, com distribuição de senhas 1 hora antes.

Leia mais:
http://goo.gl/sMh3hM


quinta-feira, 18 de junho de 2015

A pena magistral


        Minas Gerais estava reclamando um escritor que narrasse os episódios de sua vida através de figuras representativas de cada ciclo de sua evolução histórico-econômica. Havia pouca coisa escrita na época e foi então que surgiu da pena magistral de Agripa Vasconcelos as SAGAS NO PAÍS DAS GERAIS - coleção de seis volumes que fixam, através da narração de fatos reais em forma de romance, as linhas mestras da formação histórica e social de Minas.
 
 
 

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Dia dos Namorados

 
Para comemorar o Dia dos Namorados leia essa linda poesia:
 
ROMANTISMO de Agripa Vasconcelos
 
Meu Pai, casado em casa de Visconde
Da velha cepa, nos serões, contava
Que o avô à avó de tal maneira amava...

Que se houve igual amor ninguém responde...
 
Sei que isso é história de ontem, que se esconde
No tempo antigo, em que o Brasil sonhava...
Velho, o fidalgo a esposa namorava
E ela, velha, esse amor lhe corresponde...
 
A Viscondessa, de cabelos louros,
Foi branqueando os cabelos...
Mas o avô, vendo as comas que embranquecem,
 
Dizia à avó, a flor de seus tesouros:
Foram tão louros teus cabelos de ontem
Que hoje, brancos, mais louros me parecem...
 
 
 

quinta-feira, 11 de junho de 2015

FLI-BH



     O FLI-BH apresentou na manhã dessa quinta-feira (11) a programação oficial da primeira edição do evento que traz o tema “Imagina o mundo, imagina a cidade”. Serão mais de 200 ações entre saraus, palestras, oficinas, feiras, mostras de cinema, lançamentos de livros e muitas outras iniciativas durante os quatro dias de festival. O FLI-BH contará com a presença de mais de 100 autores, pesquisadores e artistas nacionais e internacionais. Então chega de suspense e corra para o nosso site conferir tudo o que vai acontecer! http://www.flibh.com.br/programacao/
 
 

domingo, 7 de junho de 2015

16.000 visualizações!

   
   É com grande alegria que constatamos hoje que chegamos a 16.000 visualizações no blog do nosso escritor! Não é bárbaro? Isso nos dá ânimo para continuarmos com a divulgação do hábito da leitura, através da obra literária de Agripa Vasconcelos. E também de sempre fazermos postagens referentes à literatura. Agradecemos o apoio de todos! ;) 
 
 

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Agripa Escritor

 
 
      Agripa Vaconcelos se tornou conhecido nas letras pela publicação da coleção Sagas no País das Gerais. É um conjunto de seis livros que fixam, através da narração de fatos reais em forma de romance, as linhas mestras da formação histórica e social de Minas Gerais, com ilustrações da grande artista plástica Yara Tupinambá. São eles:

*Fome em Canaã: romance do Ciclo dos Latifúndios;

*Sinhá Braba: romance do Ciclo Agropecuário;

*Gongo-Sôco: romance do Ciclo do Ouro;

*Chico-Rei: romance do Ciclo da Escravidão.

*A Vida em Flor de D. Bêja: romance do Ciclo do Povoamento;

*Chica que Manda: romance do Ciclo dos Diamantes;

  Seis livros foram suficientes para tornar Agripa um dos maiores escritores de seu tempo.


Curta a página www.facebook.com/agripavasconcelosescritor




sábado, 30 de maio de 2015

Chica = Xica

        


       O romance histórico "Chica que Manda" de autoria de Agripa Vasconcelos

serviu de base para a novela Xica da Silva. Foi veiculada pela Rede Manchete de

Televisão em comemoração ao centenário de nascimento de Agripa Vasconcelos

acontecido em 1996, com uma enorme audiência em todo o Brasil. Tendo a

estreante Tais Araújo no papel principal, foi o último grande sucesso de público

e de crítica daquela emissora, que investiu US$6 milhões na produção.

 
 


                                               
 
 

quinta-feira, 28 de maio de 2015

D. Bêja

 
 
    
        Quem se lembra da novela D. Beija, que foi ao ar pela Rede Manchete de
 
Televisão nos anos 90? Para quem não sabe, a novela foi embasada no romance
 
"A Vida em Flor de D. Bêja" de Agripa Vasconcelos. Maitê Proença foi a
 
protagonista e a novela foi um grande sucesso no Brasil e exterior. O presidente

da TV Manchete, Adolpho Bloch, resolveu investir pesado no ramo das

telenovelas, investindo na época US$ 2 milhões na produção de D. Bêja.





sábado, 9 de maio de 2015

Dia das Mães

 
 
MÃE
                                   Agripa Vasconcelos
Jovem mãe que te esquivas pela rua,
Disfarçada pela arte da modista,
Estás grávida e evitas seres vista
Pelo povo que passa e tumultua.

 
O que está no teu ventre é carne tua,
Teu sonho bom, tua melhor conquista!
Todo o teu ser é dele, e nele, estua
Teu coração cheio de amor altruísta.

 
Mãe vindoura, essa flor em fruto sonha,
Como um manjar do céu para tua fome.
Mas pensa – e no que digo, não te humilho:


Que um dia o filho, que hoje te envergonha,
Dará seu sangue por te honrar o nome,
Há de, altivo, se honrar de ser teu filho!
 
 

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Semeteira nas Pedras

 
SEMENTEIRA NAS PEDRAS
                                                     
                                                               Agripa Vasconcelos
 
Semear, semeei - minhas palavras boas,
Prevendo o bem da messe promissora.
Nem luas más, sem secas, nem garôas
Poderiam frustrar minha lavoura !

Semeando, humilde, entoei obscuras lôas,
Não à mão que alçava ao sol que aloura.
Mas a Deus, mas às águas, que as lagoas
Conservam contra a estiagem sorvedoura.

Mas bem cedo senti que meu trabalho
Valia ainda bem menos do que valho...
Foi simplesmente vã minha canseira !

Pois quem semeia em corações humanos
Semeia em pedras e, sem mais enganos,
Pode julgar perdida a sementeira...



quinta-feira, 23 de abril de 2015

Dia dos Médicos Escritores



Comemoramos em 23 de abril o Dia dos Médicos Escritores. Embora muitos não saibam Agripa Vasconcelos, além de escritor, era também médico. Formou-se em 1920 na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro com distinção.

Perguntado em uma entrevista o que lhe havia trazido maior satisfação na vida, a Medicina ou a Literatura, Agripa respondeu:
 _ “Primeiramente a Medicina por ser mais positiva. Meus primeiros sucessos cirúrgicos me encheram de entusiasmo. A experiência literária veio mais tarde, no ciclo dos romances.”

Agripa Vasconcelos foi médico por vocação e poeta/escritor por inspiração!

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Ao Dia do Índio

 
POKRÃNE
Esse guerreiro audaz, carranca muda,
Em que a coragem do invasor, desaba
É o bugre intrépido, é o morubixaba,
Dono e senhor da terra botocuda.
 
Na altivez de sua máscara sanhuda
Freme o cio do chão de que se gaba.
Seu evangelho, que o estrangeiro acaba,
São a massa que esmaga e a flecha aguda...
 
A bandeira da terra toda sua
É o seu cocar de penas que flutua!
Escuta o chão; resguarda os seus venenos...
 
Ah, mal sabes, pajé da invicta indiada,
Que a tua terra irá cair, roubada,
De homens grandes – nas mãos de homens pequenos.
 
 
 
 


segunda-feira, 13 de abril de 2015

Empréstimo

 
 
Não precisa ser rico como um Lannister. Para pegar um livro emprestado basta  apenas R$ 3,00, identidade e comprovante de residência que você faz sua carteirinha da Biblioteca Luiz de Bessa, na Pça da Liberdade/BH na hora.
Quem anima? o/