terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Boas Festas


     Nós, da equipe do blog e do face de Agripa Vasconcelos, agradecemos seu apoio na nossa missão de divulgação da obra desse grande escritor e de outras postagens inerentes à literatura. Desejamos a todos um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de boas leituras!! :)

* Esta árvore DE LIVROS está exposta no saguão principal da Imprensa Oficial de Minas Gerais.
— em Belo Horizonte.




sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

A Morte do Escoteiro Caio

      Foi muito concorrida a solenidade, na Imprensa Oficial de Minas Gerais, de lançamento do Suplemento Literário e da Revista Imprensa na Praça, esta contendo a reedição do livro "A Morte do Escoteiro Caio", de Agripa Vasconcelos! Agradecemos imensamente o empenho do Diretor-Geral daquela Casa, Dr. Eugênio Ferraz. :)
 
Primeira edição em 1951 pela IOMG



 

sábado, 13 de dezembro de 2014

Reedição de livro


Um convite especial para todos que estiverem em BH no dia 17/12/14:
reedição de livro de Agripa Vasconcelos na Imprensa Oficial de Minas Gerais!
Esperamos vcs lá.  
 
 

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Chuva do Mar

 
Hoje cai uma chuvinha fina em Belo Horizonte/MG, por este motivo postamos esse lindo poema de Agripa Vasconcelos:

                            Chuva do Mar
                             
(No  baixo e no médio rio Doce, chamam as chuvas temporárias, chuvas do mar -  talvez por  serem trazidas pelos ventos do Atlântico.)
 
Quando Raquel casou, naquela tarde mansa,
Vi desfeito de vez meu sonho de criança...
Um desespero atroz meu ser avassalou !
Mas alguém que conhece os mistérios do mundo
Num sussurro me disse um conselho profundo:
- Isso é chuva do mar. Vai passar.
                                                                     E passou.

Quando, ainda mocinho, eu senti, doido de ira,
Que, parecendo certo, era tudo mentira
O amor que me jurara a pérfida Margot.
Quis morrer - mas alguém que conhece esta vida
Me falou, sem calor, mas em frase sentida:
- Isso é chuva do mar. Vai passar.
                                                                     E passou.

Quando Ofélia seguiu seu destino sombrio,
Senti, como ainda sinto, o coração vazio!...
Faz tanto tempo já que nem sei mais quem sou !
Mas quem viu em meu pranto uma simples garoa
Quis em vão me dizer uma palavra boa:
- Isso é chuva do mar. Vai passar.
                                                                     Não passou.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Crepúsculo


CREPÚSCULO
                       Agripa Vasconcelos
 
Como quem cheira um frasco hoje vazio
Do mais caro perfume, eu, com tristeza
Ainda revejo no teu corpo esguio
Uns restos de ternura e de beleza.
 
Começa o ocaso a abrasear no estio
Com que te vi na adolescência acesa,
Quando tua presença um calafrio
Punha em minha alma de desejos presa.
 
Tombam jasmins nos teus cabelos... nasce
Um áureo luar de mágoa em tua face.
Ainda és bela, entre os ímpetos e a prece,
 
Como é belo no cimo de alto morro,
Depois do sol já posto, e suave jôrro
Da luz fria, ante a noite que já desce.
 

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Alimente seu cérebro


Nossa seguidora Elizabeth Penna postou: Eu alimento diariamente! Finalizando o romance " A vida em flor de Dona Bêja : romance do ciclo do povoamento nas Gerais " e iniciando "Fome em Canaã" do Escritor Agripa Vasconcelos. Os livros desse célebre escritor são riquíssimos em conhecimentos em todos os âmbitos.

Agradecemos o entusiasmo com que vc fala das obras de Agripa, Elizabeth!

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Estante Virtual



Para quem gosta do gênero romance histórico e não quer gastar muito, temos uma boa notícia: na Estante Virtual você encontra os romances do Escritor Agripa Vasconcelos e recebe o livro em casa! Acesse o link www.estantevirtual.com.br e faça seu pedido. É cômodo, prático e eficiente. Quem anima? o/
 
 

domingo, 16 de novembro de 2014

Aleijadinho

 
Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, tem sido homenageado, durante esse mês que marca o bicentenário de sua morte, com palestras, oficinas e diversas atividades nas cidades históricas mineiras, além da capital. Postamos hoje a homenagem do escritor Agripa Vasconcelos ao mestre do barroco mineiro.

AO ALEIJADINHO
                                                                               Agripa Vasconcelos

 Foi-se tão dura a desgraça
Que, de tuas mãos chagadas,
Brotaram lírios... de pedra.
 
 

sábado, 15 de novembro de 2014

Circuito Literário

Termina amanhã, domingo, o Circuito Literário Praça da Liberdade.
Quem já foi? Quem ainda vai? o/
 
 
 
 
 

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Dica


Algumas pessoas têm entrado em contato conosco, dizendo que não conseguiram abrir a Revista Virtual com Agripa Vasconcelos na capa. Então vai a dica: basta acessar o link abaixo, clicar com o mouse na setinha branca (como mostra a foto) e ler a reportagem sobre sua rica obra literária.

http://issuu.com/estampapb/docs/revista_divulga_escritor_ed._09/1?e=3702430%2F9721535
 

Quem conseguiu ler? o/




sábado, 1 de novembro de 2014

Arrependimento


ARREPENDIMENTO
                                                   Agripa Vasconcelos
 
Dessa Arábia longínqua e ressequida,
Lendo o Corão (Alá possa afirmá-lo)
Vim à Istambul, sangrando o meu cavalo,
Em busca de um destino para a Vida.
 
Enriqueci, na mais tremenda lida.
Mas da Noiva, esse sonho que ainda embalo,
Nunca mais soube e, com tristeza o falo:
Esqueceu-se de mim, nunca esquecida!
 
Ah! Se me fora dado, de alma insana,
Sabendo-a fiel, nalguma caravana,
Desandar o que andei do ouro no almejo!
 
O que ganhei daria a Alá, se em breve,
No oasis colhesse de seu corpo leve,
A tâmara madura de seu beijo!
 
 

sábado, 18 de outubro de 2014

terça-feira, 23 de setembro de 2014

9.000 visualizações!


Hoje estamos em festa, pois o blog do nosso escritor Agripa Vasconcelos completou 9.000 visualizações! Isso muito nos estimula a prosseguir neste eterno intuito de divulgar cada vez mais a tão rica obra literária que ele nos deixou.
 
Ajude-nos também nessa empreitada, convidando seus amigos a visitarem o blog e também curtirem a nossa página no facebook.
 
Grande abraço a todos!
Equipe do blog e do face de Agripa
 
 

domingo, 21 de setembro de 2014

Primavera

 
Para comemorar a chegada da primavera, leia este lindo poema do Escritor Agripa Vasconcelos.
 

TEU SANGUE HÁ DE FLORIR EM ROSAS ESCARLATES...
Agripa Vasconcelos        
 
Peregrino, sofreste as traições mais tenazes
E laceram teus pés as estradas que bates.
Visite morrer, com o temo, os teus sonhos falazes,
E abaixaste a tua fronte em traiçoeiros combates.
 
Não te importes, porém! Nas romagens que fazes
Terás um galardão, tu que às dores te abates!
Tuas lágrimas vão ser açucenas lilases,
Teu sangue há de florir em rosas escarlates...
 
Há – de restar de ti, dos teus íntimos prantos,
Lição para os heróis, os mártires e os santos...
Mas quando fores pó, no turbilhão medonho,
 
Ficarão para o Ideal, sob os mesmos intentos,
Com uma estrada fiel – teus roteiros sangrentos,
Com uma rosa branca, a mulher de teu Sonho.
 
 
 

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Saudade da Serra

 
SAUDADE DA SERRA
                            Agripa Vasconcelos
 
Desde que vim da serra não mais pude
Ser o que era antes de ir, convalescente.
Dessas férias ao sol voltei mais doente
Com os ares bons e o clima de altitude.
 
Fico de olhos molhados e é frequente
Que, na amarga explosão desta inquietude,
A lembrança que guardo se transmude
Em lágrimas, que choro pela ausente.
 
Pois meus olhos, depois dessa jornada,
No rigor da saudade tão ferrenha,
E sob a qual, vencido, nada valho,
 
Como as árvores são, de madrugada:
Com qualquer vento que da serra venha
Sangram logo nas lágrimas do orvalho...
 
 
 
 
 


terça-feira, 9 de setembro de 2014

Liev Tolstói

 
Hoje o google homenageia o escritor russo Liev Tolstói, data do seu 186º aniversário. Autor de várias frases marcantes sobre a literatura, a vida, a arte, o amor e a moral, suas obras estão recheadas de apelos a uma vida simples, perto da natureza, sem regalias e riquezas. Já viu? Conhece sua obra? Ele era um dos escritores mais apreciados pelo tb Escritor Agripa Vasconcelos!

sábado, 6 de setembro de 2014

200 curtidas no facebook!

 
 
 
Hoje estamos muito felizes, pois conseguimos chegar a 200 curtidas na página de Agripa Vasconcelos no facebook! Isso só nos anima a continuar cada vez mais com a divulgação da obra literária do escritor e com outras postagens sempre pertinentes à literatura. Agradecemos a todos!
 
 
 

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Palestra em Londrina/PR

E o Prof. Dr. Maurício Menon continua nos ajudando a divulgar a rica obra literária do Escritor Agripa Vasconcelos.  Desta vez a palestra foi proferida na UEL - Universidade Estadual de Londrina/PR.

Obrigado, Prof. Mauricio, mais uma vez!


Alguns acadêmicos da UEL que assistiram a minha apresentação sobre
Agripa Vasconcelos, para a turma de Mestrado/Doutorado.

Poesia


Que tal com as de Agripa Vasconcelos? o/

domingo, 31 de agosto de 2014

Filhos da Senzala

   Um bom programa para quem gosta de romance histórico é ir ao lançamento do livro Filhos da Senzala de autoria da amiga Silvânia Dias. Será dia 2 de setembro, a partir das 20hs, na livraria Leitura do BH Shopping, em BH/MG. Quem vai levanta a mão. o/
 
 

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Uma aventura e tanto!


 
 


         Já imaginou uma pessoa sair de Campo Mourão/PR, ir de carro até Maringá/PR, pegar um avião para São Paulo/SP, esperar duas horas por uma conexão para BH/MG, de lá pegar mais 3 horas de estrada para chegar à cidade de Pompéu/MG e dois dias depois fazer todo o trajeto de volta? Essa pessoa é o Prof Dr. Mauricio Cesar Menon que foi nos prestigiar e divulgar mais uma vez a obra literária do escritor/historiador mineiro Agripa Vasconcelos, durante o Festival D. Joaquina do Pompéu naquela cidade. A palestra proferida por ele nos encantou a todos com seu conhecimento e dom da oratória. Agripa foi objeto de estudo do Pós-doutorado do Prof. Maurício, tornando-se profundo conhecedor da narrativa do escritor e elevando a obra literária de Agripa Vasconcelos a um patamar nunca alcançado na academia. Não temos como agradecê-lo, Prof Maurício, a não ser com um MUITO OBRIGADO!
 
Prof. Mauricio e o busto de D. Joaquina
 
 
Prof e o Coordenador do Centro Cultural D. Joaquina do Pompéu






                          
                               Prof. Maurício e o retrato de Agripa Vasconcelos
 



segunda-feira, 25 de agosto de 2014

25 de agosto: Dia do Soldado

 
 

SOLDADO
                                            Agripa Vasconcelos 
 
Vais partir para a luta. Paga à terra
O tributo de sangue que lhe deves.
Teu lar vai ser essas trincheiras sujas
Que a morte espia, da distância, atenta.
 
A lama e as cercas de farpado arame
Te porão logo à mira da metralha.
Assaltos brutos e o guinchar dos ratos
Te farão esquecer a noiva longe.
 
Os corpos podres, a sangueira infame
E o ronco dos aviões, semeando a morte,
Te aguçarão a vista e o ódio da guerra.
 
Nessa hora, não te esqueças que , distante,
Correm os rios, mugem bois, trabalham
Na terra toda em flor de teu país!