quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Memorial Agripa Vasconcelos




A Prefeitura de Matozinhos/MG mantém no Palácio da Cultura da cidade, o Memorial Agripa Vasconcelos, cujo acervo foi todo doado pela família do escritor. São inúmeros objetos pessoais, cartas, documentos, fotografias e livros em exposição permanente. Saiba mais fazendo uma visita ao Memorial, que é aberto ao público.

Endereço: Praça do Rosário, 50 - Cruzeiro.
Telefone: 31 3712-5505
Dias e Horários de Funcionamento:
De segunda à sexta de 8 às 18 horas


www.facebook.com/agripavasconcelosescritor
www.instagram.com/agripavasconcelosescritor
agripavasconcelos@gmail.com

 

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

A criação




www.facebook.com/agripavasconcelosescritor
www.instagram.com/agripavasconcelosescritor
agripavasconcelos@gmail.com




sábado, 4 de novembro de 2017

Sentimento nobre



 “O livro se edita como foi lançado, sem a mínima alteração. Alterar um sentimento nobre é depravá-lo. O que foi sentido e depois alterado, é porque não foi sincero.”

Agripa Vasconcelos
 







quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Finados

EU NÃO SEI SE PASSEI POR ESTA VIDA
                                                                      Agripa Vasconcelos

De olhos cegos aos ódios e às vinganças,
Fugindo com firmeza a todo engano,
Tenho amor pelas rosas e as crianças
E um perdão para o erro quando humano.

Sofrendo em meu destino essas mudanças
Inexplicáveis, para o desengano
Ganho, no acervo de desesperanças
Para cada favor – um novo dano.


Quis ser bom mas que seja um mau me alegam!
Todos porém, unânimes, me negam...
Sei que estarei sozinho, no meu fim.


De modo que, negado, a alma dorida,
Eu não sei se passei por esta vida
Ou foi a vida quem passou por mim.


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Dia das Crianças

Melhor presente para o Dia das Crianças: "As Diabruras da Comadre Raposa", de Agripa Vasconcelos. O livro pode ser encontrado nas livrarias da Rua Fernandes Tourinho, em BH: Ouvidor, Dom Quixote, Scriptum e também na Leitura do Pátio Savassi.

domingo, 17 de setembro de 2017

Como nasce uma novela

   O romance histórico "A Vida em Flor de D. Bêja", de Agripa Vasconcelos, foi usado como base para a novela D. Bêja, que foi ao ar pela TVManchete em 1986. A personagem se tornou um dos maiores sucessos da carreira da atriz Maitê Proença.